A CAÇA NÃO MERECE UM DIA ESPECIAL, ELA MERECE SER COMBATIDA!

Um vereador de Sete Lagoas-MG apresentou um projeto na Câmara Municipal com o intuito de instituir o “Dia do CAC – Caçador, atirador e colecionador, a ser comemorado no dia 23 de outubro”.

Deixamos aqui registrado o nosso REPÚDIO à proposta e esperamos que os demais vereadores tenham consciência e REPROVEM esse projeto tão ultrapassado.

Agradecemos ao Vereador Ismael Soares que nos trouxe essa informação. Com esta divulgação, queremos pedir o apoio de todos vocês para que possamos sensibilizar os vereadores de Sete Lagoas para que eles votem CONTRA a proposta.

É importante lembrar que:

Nenhuma atividade de caça respeita a integridade dos animais, em especial a caça esportiva, que tem como objetivo principal o entretenimento dos caçadores. A caça gera sofrimento, seja instantâneo, seja prolongado, quando o animal é ferido e não vai a óbito e pode agonizar por dias antes da sua morte.

A caça acelera processos de extinção de espécies que já estão sob forte ameaça no Brasil. A caça também está conectada ao terrível mercado de tráfico de animais silvestres, no qual mães podem ser abatidas por protegerem seus filhotes que, uma vez capturados, terão uma vida inteira de sofrimento em jaulas e gaiolas, comercializados e mantidos como animais de estimação.

Vocês vão ser favoráveis a este terrível projeto, senhores vereadores?

Esperamos que não!

Compartilhar.

Deixe seu comentário!